AIPA

Morreu o músico, compositor e intérprete cabo-verdiano, “Biús”

Calou-se para sempre uma das vozes mais expressivas da música cabo-verdiana. Morreu na flor da idade o músico, compositor e intérprete Biús. Folgazão, sempre bem disposto era assim este artista que acaba de sucumbir. O cantor/compositor/intérprete crioulo, que já integrou vários grupos acústicos - entre os quais "Jovens Unidos" e mais tarde "Gaiatos" (que incluía Tito Paris e Bau) viveu durante vários anos nos E.U.A e depois de roído de saudades da terra que o viu nascer regressa para se fixar em S. Vicente tornando assim um dos principais animadores das noites do Mindelo. Tendo participado em vários projectos musicais são todavia no seu regresso a S. Vicente que ganha maior notoriedade. Mindelo Hotel foi o seu palco predilecto. Era amplamente aplaudido pela sua forma de estar na música. Sabia entrosar com o público, pois tinha uma empatia muito forte que fazia dele um verdadeiro show-man. Fica para o deleite de todos nós uma obra Más Bonita, Q´Uel Calor, Festa D´Tchuva, Boca D´Erva, Coração Blues, Hey Morena, Jóia, Romance, Desejode, Tchá Contcé, Fidjo D´África, todos temas da sua lavra. Biús ao contrário de muitos intérpretes, apesar de cultivar outros géneros sempre foi fiel às nossas raízes, razão porque entrou por mérito próprio para a galeria dos grandes artistas de Cabo Verde. Que a terra lhe seja leve. Fonte: RTC - CV

Publicado: Quinta, 06 Agosto, 2009

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter