AIPA

Europa deve dar vistos a quadros qualificados em troca de maior cooperação no combate à imigração ilegal

O comissário europeu da Justiça, Liberdade e Segurança defendeu hoje que deve ser facilitada a concessão de vistos a estrangeiros qualificados em troca de maior cooperação no combate à imigração ilegal com países do Sul do Mediterrâneo Em entrevista publicada hoje pelo jornal francês La Croix, Franco Frattini afirmou que não se pode pedir aos países do sul do Mediterrâneo, como Argélia, Marrocos e Tunísia, que se tornem numa espécie de «guarda-costeira da União Europeia sem oferecer outra coisa além de ajuda económica». Por esse motivo, o responsável europeu defendeu a concessão de vistos e a livre circulação de estudantes, empresários e cientistas destes países em troca de uma «maior cooperação na luta contra o tráfico de pessoas». «Se mostrarmos quais são as vantagens da imigração legal, seremos mais fortes para combater os fluxos ilegais e as redes criminosas que promovem o tráfico de pessoas» , afirmou. Frattini defendeu a implantação de um «cartão azul da UE» para os trabalhadores altamente qualificados, semelhante ao 'green card' americano, rejeitando, no entanto, que esta medida possa provocar a «fuga de cérebros» dos países de origem. «A diferença entre o 'green card' americano e o cartão azul europeu é que este último não será permanente» , lembrou Frattini, explicando que «após um período de dois anos, o trabalhador poderá» voltar para casa para que o seu país «possa beneficiar da sua experiência». Quanto à política europeia contra a imigração ilegal, Franco Frattini fez um «balanço positivo» de 2007, sublinhando que, desde Janeiro, os fluxos migratórios ilegais para as ilhas Canárias (Espanha) diminuíram em 70 por cento desde e em 33 por cento para o Mediterrâneo Oriental, relativamente ao ano passado. De acordo com o responsável, este balanço positivo foi alcançado sobretudo «graças a uma maior cooperação com os países de origem». Lusa / SOL

Publicado: Domingo, 02 Dezembro, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter