AIPA

Morreu professor Mesquitela Lima. Funeral é hoje em Lisboa

Augusto Mesquitela Lima, cabo-verdiano, natural do Mindelo, professor catedrático da Universidade Nova de Lisboa, morreu este domingo, 14 de Janeiro, vítima de pneumonia. Além de uma vasta obra, Mesquitela Lima foi fundador do célebre museu do Dondo, em Angola, onde viveu antes da independência. O seu funeral é hoje. Augusto Mesquitela Lima encontrava-se internado há alguns dias, depois de assolado por uma pnemonia. Membro activo da comunidade cabo-verdiana em Portugal, ele tinha programado para o proximdo dia 27 uma palestra sobre Fernando Quejas no contexto da etnomusicologia cabo-verdiana. Natural de S. Vicente, depois dos estudos liceais nessa ilha, ele fez a sua formação em Portugal, França. Viveu, antes da independência, largos anos em Angola. Aqui dirigiu o Museu de Angola, tendo também fundado o Museu do Dondo, conhecido mundialmente pela sua colecção de máscaras africanas. Mesquitela Lima estava a escrever uma obra cientifica sobre “O Caos” e recentemente produziu um ensaio da autoria de Nho Djunga que deu origem a peça de Teatro “Vai-te Treinando Desde Já”, recentemente passada em Portugal. Antes compilou os poemas de Sérgio Frusoni, uma outra importante figura mindelense do período pré-independência de Cabo Verde, intitulada “A poética de Sérgio Frusoni”. O corpo de Mesquitela Lima está exposto em câmara ardente na Igreja da Praça de Londres, em Lisboa. O funeral realiza-se esta segunda feira, depois de uma missa às 14h 30.

Publicado: Quinta, 11 Janeiro, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter