AIPA

Diáspora Açoriana: A tarifa única entre Açores e EUA para emigrantes poderá constituir um objectivo a prazo mas não deverá acontecer para já.

Isso mesmo deu ontem a entender o presidente do Governo Regional após um encontro com uma representação do Conselho das Comunidades Portuguesas, liderada pelo respectivo responsável, Carlos Pereira. Conforme disse Carlos César, “constatei que existe um grande desejo no sentido de se melhorar a acessibilidade às diferentes ilhas, designadamente pela diminuição do tarifário e pela introdução de um tarifário único. Vamos fazendo isso à medida das possibilidades e o Governo quer prosseguir esse esforço no sentido de minorar esse custos. Lá chegaremos, certamente, mais cedo ou mais tarde”, acrescentou o chefe do Executivo Regional. Pela sua actualidade, outro dos temas abordados foi o relativo ao anunciado encerramento de consulados nos EstadosUnidos. Mesmo não tendo surgido novidades sobre a matéria, Calos César reafirmou o diálogo mantido com o Governo da República, salientando não estar em causa apenas o encerramento de representações consulares mas a eventual criação de outras, nomeadamente na Califórnia. Diniz Borges, da secção dos EUA do Conselho das Comunidades, insistiu na necessidade de se manterem os actuais serviços consulares mesmo que em formato diferente do actual. O presidente do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades acredita que o processo não está encerrado e que a reunião a decorrer na próxima sexta-feira com o respectivo secretário de Estado traga novidades.||

Publicado: Tera, 09 Janeiro, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter