AIPA

SPEAK cria sociedades que potenciam a diversidade cultural e está a recrutar

Texto: Universia | Foto: Direitos Reservados 

O SPEAK é um programa linguístico e cultural criado para aproximar pessoas - uma partilha de línguas e culturas entre migrantes e locais que quebra barreiras, promove o multilinguismo, a igualdade e democratiza a aprendizagem das línguas.

Qualquer pessoa se pode inscrever para aprender ou ensinar uma língua ou cultura, incluindo a do país onde reside.

Neste momento o programa encontra-se a recrutar para as seguintes áreas: OutSystems - Full Stack Developer; Marketing; project manager, etc para mais informações consulte aqui o site. 

No que respeita à formação no SPEAK, os cursos são diversificados e inspiradores. Ao longo do processo de aprendizagem, os participantes conhecem o “outro”, aprendem e exploram interesses comuns, quebram preconceitos e equívocos e promovem ainda a compreensão e a cooperação, sobretudo através de eventos sociais destinados a criar uma ligação entre os participantes e onde há espaço para o diálogo, festa e amizade.

Perante a realidade dos migrantes, como, refugiados, exilados, estudantes ou trabalhadores estrangeiros, que enfrentam várias dificuldades quando chegam a um novo país e perante a inexistência de uma rede informal de suporte ou simplesmente não compreender a língua do país e cultura local cria equívocos e dificuldades de comunicação entre migrantes e locais, houve a necessidade de criar algo diferenciador e inovador que contribua para o atenuar de fenómenos como a xenofobia, o preconceito e o racismo.

O SPEAK contribui também para a criação de redes de solidariedade nas comunidades, especialmente entre migrantes e locais, que promovem o relacionamento entre pessoas de diferentes origens, atacando assim um problema complexo que tem várias externalidades negativas.

O SPEAK também promove a participação plena de todos os indivíduos na sociedade, contribuindo para comunidades mais fortes, combatendo a exclusão social de migrantes e contribuindo para a sua integração nas cidades onde fixaram residência, através de um programa de partilha de conhecimentos linguísticos e culturais que derruba a barreira linguística e que aproxima pessoas de origens diferentes.

 

Este programa foi desenvolvido pela AFA – Associação Fazer Avançar. A organização de intervenção social, criada em novembro de 2008, foca-se no desenvolvimento de competências dos jovens para que sejam agentes desencadeadores de mudança.

Publicado: Quinta, 02 Fevereiro, 2017

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter