AIPA

Ivanilda Spencer do Rosário, uma bióloga cabo-verdiana nos Açores

Ivanilda Spencer do Rosário, uma bióloga cabo-verdiana nos Açores

Ivanilda Spencer do Rosário, tem 27 anos e é natural da Ilha de S. Nicolau, Cabo Verde. Está cá há seis anos e veio fazer a licenciatura em Biologia na Universidade dos Açores. Depois de ter concluído a licenciatura, aproveitou e fez uma pós-graduação em Ciências Biomédicas. O que estranhou, logo à sua chegada à Cidade de Ponta Delgada foi a chuva, já que veio de um arquipélago onde a chuva é mesmo uma raridade. Sente, como qualquer um que entrou no mundo da imigração, a saudade da família, da morabeza e, claro, do sol de Cabo Verde. Quando lhe perguntamos como é que foi recebida pelos açorianos não hesita em responder: Fui muito bem recebida e os Açores terão sempre um lugar de destaque no meu coração”. Irá regressar no próximo mês de Junho a Cabo Verde onde quer ir trabalhar no Centro de Investigação Biomédica e tentar ajudar “ quem sabe na descoberta de novos medicamentos e de novas doenças”. Tudo isso porque quer ir contribuir para o desenvolvimento de Cabo Verde e sempre com os Açores num lugar de destaque no coração desta crioula. “Não irei é sentir saudades de chuva”. No entanto, pensa mais um pouco e conclui “Aliás, é bem possível que venha a sentir saudades da chuva”.

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter