AIPA

AIPA recebida em audiência pela Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada

A Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada mostrou-se hoje disponível para ajudar a AIPA (Associação dos Imigrantes nos Açores) na criação de um Clube de Serviços. Esse projecto, que ainda está em fase de análise, foi um dos temas em discussão na audiência de cumprimentos entre os novos corpos directivos da AIPA, presididos por Paulo Mendes, e Berta Cabral.
O Clube de Serviços, uma vez criado, vai aproveitar as competências dos imigrantes que fazem parte da associação em áreas tão diversas, como confecção de alimentos e jardinagem, para só citar estas, e disponibilizá-las para várias instituições, entre as quais a Câmara de Ponta Delgada que, segundo Berta Cabral.
Berta Cabral reiterou toda a disponibilidade da autarquia em continuar a trabalhar para que os imigrantes residentes no concelho de Ponta Delgada se sintam parte integrante da sociedade onde estão inseridos e sublinhou o importante papel que a AIPA desenvolve neste campo por todas as ilhas do arquipélago.
“A Câmara de Ponta Delgada está sempre disponível para ajudar a AIPA, que deveria ter presença em todas as ilhas, no trabalho louvável que esta associação desenvolve relativamente à integração dos imigrantes. As autarquias têm, de resto, uma papel muito importante neste aspecto, devido à proximidade e também pelo facto de desenvolverem actividades muito concretas que visam precisamente a inclusão, quer na sociedade, quer no mercado do trabalho, e que podem ajudar também os imigrantes” - sublinhou Berta Cabral, referindo-se às várias iniciativas que a autarquia desenvolve, citando o exemplo do do curso de cuidados geriátricos, um projecto inovador em termos de política social municipal, que vem dar resposta qualificada aos idosos que mais necessitem, ao mesmo tempo que permite a criação de novos postos de trabalho.
Aliás, a autarca fez questão de afirmar que a elevada taxa de desemprego que se verifica actualmente nos Açores está a atingir de forma particular os imigrantes, muitos dos quais ficaram acabaram por ficar sem trabalho.
Neste sentido, adiantou que a Câmara Municipal de Ponta Delgada poderá ainda colaborar com a AIPA no trabalho que a associação desenvolve com vista à ocupação dos imigrantes através da prestação de serviços, como o faz com outras instituições altruístas com sede no concelho.
Já Paulo Mendes, presidente da AIPA, agradeceu a Berta Cabral toda a colaboração prestada e toda a disponibilidade manifestada pela autarquia, defendendo que Ponta Delgada é um concelho inclusivo e que os imigrantes querem sentir-se parte integrante da sociedade que os acolhe.

Publicado: Quinta, 18 Maro, 2010

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter