AIPA

Projeto da Casa do Brasil de Lisboa prioriza emigrantes

Lisboa, 15 out (Lusa) - A Casa do Brasil de Lisboa (CBL) vai propor uma agenda prioritária dos emigrantes brasileiros na 2ª Conferência das Comunidades Brasileiras no Exterior, com início nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, informou a presidente da assembleia geral da instituição. O evento "Brasileiros no Mundo - 2ª Conferência das Comunidades Brasileiras no Exterior" acontece até sexta-feira no Palácio Itamaraty. "Esta agenda poderia unificar e resumir as questões mais importantes para o avanço das relações entre os emigrantes brasileiros e as autoridade do Brasil", declarou Eliana Bibas à Agência Lusa. Segundo a presidente da assembleia geral da CBL, esta agenda será apresentada com o objetivo de que os pontos essenciais sejam concretizados a curto/médio prazo e contém "dez pontos prioritários". Entre estes dez pontos, Eliana Bibas destacou a importância da criação de um órgão de representação dos emigrantes brasileiros junto das autoridades no Brasil, "mais ou menos parecida com que existe em Portugal, que é o Conselho das Comunidades Portuguesas". "Podemos salientar ainda que é preciso haver uma representação dos emigrantes brasileiros no parlamento do Brasil, devendo os brasileiros no exterior ter direito a votar nas eleições legislativas", acrescentou. Bibas indicou que a questão das remessas para o Brasil é outro ponto importante, já que acredita que "os brasileiros precisam ter o envio do dinheiro para seus familiares facilitado, sobretudo através do Banco do Brasil, o que não ocorre ainda, pois continua a ser uma operação muito cara". Eliana Bibas destacou também a questão da Segurança Social, já que muitos países não tem um acordo com o Brasil nesta matéria e os brasileiros, quando retornam, perdem os anos que descontaram no exterior e demoram mais tempo a aposentar-se. "Felizmente, com Portugal temos um acordo na área da Segurança Social", salientou, adiantando que é necessário que estes acordos funcionem efetivamente e com mais rapidez. A informação e apoio ao imigrante, o reforço e novo papel dos consulados e embaixadas são também pontos prioritários da agenda elaborada pela CBL, assim como o apoio financeiro do Estado brasileiro a projetos concretos das entidades representativas dos emigrantes e a iniciativas culturais e de divulgação da boa imagem do Brasil no exterior. A manutenção da realização anual da Conferência de Brasileiros no Mundo e a inclusão de representantes da comunidade no exterior no Conselho Nacional de Imigração do Brasil também fazem parte da agenda da CBL. O mais recente relatório do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) indicou Portugal como o país que melhor acolhe os imigrantes na Europa e Eliana Bibas citou que, na sua opinião, "isto é verdadeiro", apesar de "ainda haver problemas a resolver". A Casa do Brasil de Lisboa e a Associação Comunitária representam os emigrantes brasileiros radicados em Portugal na conferência do Rio de Janeiro. No encontro participam ainda associações de emigrantes brasileiros dos Estados Unidos, Canadá, Japão, Reino Unido, Itália, França, Paraguai, Guiana Francesa, Alemanha, Bélgica, Líbano e Espanha. Fonte:Lusa

Publicado: Sexta, 16 Outubro, 2009

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter