AIPA

Gonçalves, jogador do Sp. Ideal, acusou o treinador adjunto do Santiago de discriminação racial.

O jogador defendia em frente ao banco do Santiago quando ouviu agressões verbais de natureza racista que o deixaram indignado por as considerar inadmissíveis nos dias de hoje. O jogador aponta especialmente o treinador adjunto da equipa adversária como protagonista da atitude racista mas afirma também ter ouvido comentários por parte dos jogadores do banco. Gonçalves diz que desde tenra idade que pratica futebol e que esta é a primeira vez que os comentários partem de um treinador. O jogador do Sp. Ideal não guarda rancor mas considera que a cor da pele e o nível social não lhe retiram o valor como pessoa. Pode ver a reportagem em: http://ww1.rtp.pt/acores/index.php?article=7957&visual=3&layout=10&tm=9

Publicado: Quinta, 16 Abril, 2009

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter