AIPA

Herberto Gomes, com a reportagem " Sons de Leste" é o vencedor da 4ª edição do Prémio Prémio D. Djuta Ben David – Jornalismo pela Integração dos Imigrantes

A reportagem “Sons de Leste”, que aborda o quotidiano dos músicos ucranianos nos Açores da autoria do Jornalista Herberto Gomes, transmitida na RTP-Açores, é o vencedor da 4º edição do Prémio D. Djuta Ben David – Jornalismo pela Integração dos Imigrantes, promovido pela AIPA em parceria com a Direcção Regional das Comunidades. “Sons de Leste” história que suporta a reportagem está bem contada, bem contextualizada, com uma boa sonoplastia, boa imagem, tecnicamente bem editada e com bom grafismo. Trata-se de um trabalho que enquadra de forma simples e séria a integração nos Açores de uma comunidade imigrante específica (proveniente da Ucrânia), mas que retrata em geral as dificuldades, os anseios, as ambições as preocupações comuns no processo de integração. “Sons de Leste” reflecte, por outro lado, a riqueza da integração social e profissional numa comunidade pequena como a dos Açores, simbolizando como é possível pequenas ilhas aproveitarem o "know-how" de outras comunidades que procuram na imigração um futuro mais viável. No fundo, “ Sons de Leste” é uma história bastante conhecida das famílias açorianas, vista agora do lado contrário. A própria diversidade dos exemplos, em varias ilhas, revela uma dimensão ainda mais rica sobre a integração e valoriza a forma como as famílias açorianas recebem estes imigrantes. É por constituir um excelente contributo para a compreensão e valorização da imigração nos Açores, tanto na forma de receber como na de integrar os que vieram procurar na Região uma vida melhor que o Júri entendeu premiar a reportagem “ Sons de Leste”, num ano que se comemora o Ano Europeu do Diálogo Intercultural. Ao vencedor deste concurso será oferecida uma viagem, com alojamento incluído, ao Brasil, país de onde provem um dos principais fluxos para a Região. Recorda-se que o Prémio “ D. Djuta Ben David “ é um concurso é aberto aos jornalistas da imprensa escrita/em linha, da rádio e da televisão, com trabalhos que tenham sido transmitidos ou publicados em órgãos de informação na Região Autónoma dos Açores, e que incidam sobre a fenómeno da Imigração e da dinâmica intercultural na Região, visando promover a integração das comunidades imigrantes na sociedade açoriana, bem como favorecer a sã convivência entre povos e culturas, minando caminhos para a emergência de sentimentos e comportamentos racistas e xenófobos. D. Djuta Ben David, natural de Cabo Verde, reside na Região há mais de 50 anos. Pela forma como se integrou na sociedade açoriana, pelo respeito e carinho que merece por parte de todos e por ser um símbolo da população imigrante na região, a AIPA decidiu instituir esse prémio O prémio será entregue no dia 18 de Dezembro, em Ponta Delgada, Dia Internacional do Migrante.

Publicado: Tera, 11 Novembro, 2008

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter