AIPA

Açores: AndarILHAgem: Uma revista dedicada a imigrantes e emigrantes

A Direcção Regional das Comunidades, da Presidência do Governo dos Açores lançou o primeiro número da revista “andarILHAgem”, uma publicação semestral que tem por objectivo acompanhar a evolução da migração de e para a Região. Sob a coordenação do escritor Álamo Oliveira, o novo título pretende proporcionar informação sobre a e/imigração, em particular no que respeita a legislação internacional, com especial incidência na que vigora na União Europeia. A “andarILHAgem” visa, em paralelo, a divulgação de medidas pontuais despoletadas pela imigração, sobretudo as de maior intervenção social. As actividades promovidas pelas Comunidades Açorianas, designadamente as relacionadas com a promoção da cultura e da identidade de origem, desenvolvidas em colaboração com os corpos directivos das associações comunitárias, constituem outro dos temas de referência da revista. De acordo com o Portal Açores (www.portalacores.com) a nova publicação pretende, ainda, dar destaque a personalidades e factos que contribuam, de forma indiscutível, para o desenvolvimento sociocultural da Diáspora. Na nota de abertura da sua primeira edição, o presidente do Governo sublinha que o projecto atende ao interesse manifestado por muitos no sentido da existência de uma revista que “se abrisse ao imenso mundo das migrações, divulgando e colhendo o muito que as ilhas têm dado e recebido na distância e nas evoluções imparáveis das culturas, cruzamos, hoje, mais um espaço de encontro, tão livre e tão mobilizador quanto o próprio fenómeno, na sua génese e nas suas resultantes”. Para Carlos César, a “andarILHAgem”, que integra, ainda, um espaço dedicado às artes e às letras destinado a fomentar o espírito criativo da Diáspora, constitui um instrumento de “aproximação de mundos” que funciona como um convite e retrato do “pulsar da vida” dos açorianos onde quer que estejam.

Publicado: Tera, 21 Agosto, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter