AIPA

Prémio D. Djuta Ben David: Prolongamento do Prazo

No âmbito da 3ª edição do Prémio D. Djuta Ben David, – Jornalismo Pela Integração dos Imigrantes, serve o presente para informar o(a)s interessado(a)s do seguinte: • O prazo para a entrega das candidaturas foi prologando para o dia 14 de Setembro de 2007. • Todos os trabalhos a concurso devem ter sido publicados ou transmitidos entre 1 de Maio de 2006 até 13 Setembro de 2007 (inclusive). Recordamos que o (a) jornalista vencedor(a) será contemplado(a) com uma viagem de sete dias a Cabo Verde, país de origem da principal comunidade imigrante residente na região. A iniciativa visa distinguir trabalhos jornalísticos produzidos sobre a temática das migrações e relações interculturais. O Prémio D. Djuta Ben David é promovido pela Associação dos Imigrantes nos Açores em parceria com a Direcção Regional das Comunidades e conta o apoio do ACIDI (Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas). Para mais informações: aipa@aipa-azores.com, Tel. 296 288 001 ___________________________ Hoje, mais do nunca, vivemos em sociedades em que os media têm um papel determinante da (re) construção das percepções dos indivíduos sobre os vários fenómenos sociais. No campo das migrações, não será exagero afirmar que prevalece ainda e, não obstante do muito trabalho desenvolvido, muitas ideias falsas ou erradas junto das pessoas, encarando o fenómeno migratório como um problema e não como uma oportunidade, sendo que, muitas vezes, os media têm responsabilidade no reforço dessa tais percepções negativas. Encarar, pois, o fenómeno migratório como um problema constitui um obstáculo real no desenvolvimento de qualquer processo de integração dos migrantes nas sociedades de acolhimento. Assim, é fundamental ter a sociedade portuguesa e a açoriana, em particular, que tão bem conhece o sentir a imigração, ao lado destas questões migratórias com o propósito de construirmos, em conjunto, uma sociedade que promova e dê as condições para o exercício de uma verdadeira igualdade de oportunidades entre as pessoas, independentemente da sua condição, crença ou origem. Todavia e, apesar dos açorianos a açorianas conhecerem tão bem a emigração, é indispensável o desenvolvimento de esforços para a partilha e a divulgação de tantos factos, vivências e historias positivas que marcam a vida de alguns milhares de imigrantes radicados nas noves ilhas da nossa região que, diariamente, e ao lado dos açorianos contribuem, também, para a construção de uns Açores ainda melhores. É neste contexto que, acreditando, por um lado, na importância que os media assumem na construção de atitudes e mentalidades positivas face ao fenómeno da imigração e, por outro, da necessidade de estimular os profissionais da área a investigarem e a divulgarem factos, histórias, enfim, vivências positivas de alguns milhares de imigrantes radicados nas ilhas açorianas, que foi instituído o Prémio D. Djuta Ben David “ Jornalismo pela Integração dos Imigrantes, numa iniciativa de parceria entre a Associação dos Imigrantes nos Açores e a Direcção Regional das Comunidades e com a apoio da ACIDI ( Alto Comissário para a Imigração e Diálogo Intercultural. O prémio que já vai na sua 3ª edição já teve dois vencedores. Em 2005, ano da 1ª edição, Ana Paula Fonseca, venceu o prémio com o trabalho “Em busca do sonho açoriano”, publicado Jornal Açoriano Oriental de 9 de Dezembro de 2003. Saes Furtado, jornalistas a RDP, foi o vencedor da 2ª edição, com a reportagem “ Os Novos Açorianos”, premiado com uma viagem à Ucrânia. Neste 3ª edição, o vencedor ou a vencedora será contemplado(a) com uma viagem de sete dias a Cabo Verde, país de origem da principal comunidade imigrante residente na região. Recorde-se que o prazo de candidatura prolonga-se até ao dia 14 de Julho e podem concorrer ao prémio trabalhos publicados ou transmitidos nos órgãos de comunicação regionais entre 1 de Maio de 2006 até 13 de Julho de 2007. O concurso é aberto aos jornalistas da imprensa escrita/em linha, da rádio e da televisão, com trabalhos que tenham sido transmitidos ou publicados em órgãos de informação na Região Autónoma dos Açores, e que incidam sobre a problemática da Imigração e das Relações Inter-culturais na Região, os quais visem promover a integração das comunidades imigrantes na sociedade açoriana, bem como favorecer a sã convivência entre povos e culturas, minando caminhos para a emergência de sentimentos e comportamentos racistas e xenófobos. A divulgação/ entrega do prémio será realizada no dia 26 de Julho, acompanhada de um jantar intercultural aberto ao público. D. Djuta Ben David, natural de Cabo Verde, reside na Região há mais de 50 anos. Pela forma como se integrou na sociedade açoriana, pelo respeito e carinho que merece por parte de todos e por ser um símbolo da população imigrante na região, a AIPA decidiu instituir esse prémio A Direcção,

Publicado: Segunda, 20 Agosto, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter