AIPA

Açores: Governo apoia criação arquivo sobre imigração de universidade dos EUA

O governo açoriano anunciou hoje um apoio de 100 mil dólares para a construção do novo arquivo da Universidade de Massachusetts Dartmouth sobre a história da imigração portuguesa nos Estados Unidos. Para o presidente do governo regional, Carlos César, que assinou um acordo de cooperação com a Universidade norte-americana, o projecto pretende criar um "precioso testemunho da açorianidade" e um dos mais interessantes agregados documentais sobre a imigração existente nos Estados Unidos. "A iniciativa é um contributo decisivo para o estudo, conhecimento e divulgação do percurso e das vivências açorianas na imigração norte-americana de mais de duzentos anos" afirmou Carlos César, ao salientar que a biblioteca da universidade é frequentada, anualmente, por mais de 300 mil pessoas. Além de doações particulares, o acervo será composto por colecções de jornais e revistas, fotografias, correspondência, filmes, gravações áudio, passaportes e outros documentos de identidade, manuscritos e inéditos literários, disse. Segundo Carlos César, o apoio financeiro do executivo regional destina-se à construção da galeria e sala de exposições do novo arquivo, uma obra que deverá ficar concluída em Setembro de 2008. Para o chefe do governo açoriano, trata-se de um "projecto que ultrapassa em muito as formas tradicionais de ligação à diáspora açoriana" e que deverá servir para encorajar as actuais gerações de luso-americanos "na procura e encontro esclarecido da herança honrosa dos seus antepassados". A reitora da Universidade de Massachusetts Dartmouth, Jean MacCormack, adiantou que a assinatura do acordo de cooperação com o governo regional constitui um "momento importante para a história", alegando que a presença portuguesa e açoriana, em particular, enriqueceram o país. Jean MacCormack assegurou que a universidade, situada numa zona onde residem cerca de 250 mil descendentes açorianos, pretende criar o melhor arquivo norte-americano sobre imigração, e explicou que o acervo será digitalizado para potenciar as consultas e por questões de protecção

Publicado: Tera, 27 Maro, 2007

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter