AIPA

Independência do Brasil comemorada em Ponta Delgada

Nota de Imprensa Assunto: Comemoração do Dia da Independência do Brasil Com o propósito de assinalar o Dia da Independência da República Federativa do Brasil, assinalado no passado dia 07 de Setembro, a AIPA irá realizar no próximo dia 10 de Setembro, domingo, uma tarde cultural e gastronómica daquele país lusófono. Contribuir para uma maior aproximação entre as várias comunidades com a sociedade açoriana é o propósito central desta iniciativa. O músico brasileiro, Rosildo Oliveira, que reside há largos anos no continente, Maninho & Banda e CVA, são alguns dos músicos que irão animar a tarde musical a partir das 14h00 de domingo. Lançamento de papagaios e uma demonstração de capoeira irão completar a festa e, obviamente, a famosa feijoada brasileira e a caipirinha marcarão, igualmente, presença. Como diz no Carnaval no Salvador da Bahia “só não vem quem já morreu”. A comunidade brasileira, é uma das mais representativas no país e na região, vivendo em situação regular cerca de 600 cidadãos no arquipélago, distribuídos por todas as ilhas, com maior preponderância em S. Miguel. Em termos de inserção profissional, construção civil e restauração constituem os dois sectores em que esmagadora maioria trabalha. A comunidade brasileira nos Açores tem, comparativamente com outras comunidades imigrantes, uma elevada taxa de feminização. Sobre a comunidade brasileira, nomeadamente sobre a sua população feminina, nos Açores e na generalidade do país pendem, no entanto, alguns estigmas que prejudicam, não só a sua integração mas constituem-se, também, como factores de discriminação que geram um profundo desconforto nas mulheres brasileiras que vivem entre nós. Os estigmas e os preconceitos são construções sociais fundados em comportamentos de uma ínfima minoria. A generalização gratuita e sem qualquer rigor ao considerar o todo por uma pequena parte, só pode ser fruto da ignorância ou de má fé e, em nada contribui para a integração na sociedade de acolhimento, sociedade ela própria uma sociedade profundamente marcada pela saída de muitos dos seus. Esta comemoração levada a efeito pela AIPA e com uma grande participação da comunidade brasileira visa, igualmente, contribuir para quebrar barreiras e vencer preconceitos.

Publicado: Quarta, 06 Setembro, 2006

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter