AIPA

Portugal acolhe refugiados resgatados ao largo de Malta

Portugal vai receber cinco dos 29 refugiados acolhidos temporariamente pelo Governo espanhol e que foram encontrados em perigo de vida ao largo de Malta. São homens, dois oriundos da Etiópia e três da Eritreia, entre os 24 e 28 anos, e ficarão instalados no Centro de Acolhimento de Refugiados de Bobadela, em Loures. Os outros ficarão em Espanha ou irão para a Holanda. A ajuda portuguesa surge na sequência da intervenção do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), dirigido por António Guterres, o que acontece pela segunda vez este ano. No início de Janeiro, Portugal recebeu 12 refugiados - cinco da Costa do Marfim, cinco da República do Congo e dois da Libéria -, que se encontravam num campo marroquino. Destes, apenas dois estão no Centro de Bobadela, onde, em regra, os requerentes de asilo ficam seis meses. Residem 12 refugiados actualmente no Centro, que tem disponibilidade para 23 pessoas. Os cinco homens, dois dos quais casados e com filhos, vão ter apoio da segurança social, nomeadamente um subsídio semanal de 30 euros, já que têm de comprar e fazer a sua comida. O centro dá alojamento, formação profissional e prepara-os para serem inseridos na vida activa. A história daqueles cinco homens e dos 46 que os acompanhavam começou a ser conhecida dia 14 de Julho, quando a embarcação de pesca espanhola Francisco e Catalina os resgatou ao largo de Malta. Estavam visivelmente debilitados. Malta não autorizou o desembarque de todos, tendo o pesqueiro permanecido em alto mar em condições humanitárias deficientes. No dia seguinte, o ACNUR iniciou as negociações com Malta, Espanha e Líbia para ser encontrada uma solução. Só ao terceiro dia o governo maltês aceitou uma criança e duas mulheres, uma das quais grávida. Posteriormente, recebeu mais dois refugiados. Itália acolheu 12 e Andorra outros cinco. Espanha ficou com 29, até o ACNUR encontrar resposta entre os países da UE.

Publicado: Tera, 01 Agosto, 2006

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter