AIPA

A Associação dos Imigrantes nos Açores (AIPA) vai lançar na segunda semana de Setembro uma campanha de angariação de sócios

A Associação dos Imigrantes nos Açores (AIPA) vai lançar na segunda semana de Setembro uma campanha de angariação de sócios que visa mais do que duplicar o seu número actual, isto é, passar dos pouco mais de 400 para os cerca de mil sócios. E a AIPA vai mesmo socorrer-se de estratégias comerciais para o conseguir, como é o caso do sorteio de uma viagem entre os novos sócios a um dos principais países emissores de imigrantes nos Açores (pode ser Brasil ou Cabo Verde, destinos muito apreciados pelo turismo português), ou mesmo da oferta de descontos até 25% para os associados da AIPA numa clínica dentária. Pequenos “brindes” que não pretendem ofuscar o objectivo maior da campanha de angariação de sócios e que passa por solidificar a AIPA como organização que luta contra a discriminação das pessoas por razões de cultura, raça ou religião. A associação quer mais sócios imigrantes, mas quer também, sobretudo, reforçar o número de sócios açorianos que partilhe dos seus objectivos . O lema da campanha é o de que a cidadania começa dentro das associações. Hoje, a quota anual da AIPA está fixada em 10 euros e uma percentagem considerada importante dos sócios é açoriana. Nas comunidades imigrantes, são os brasileiros que dominam, seguidos dos cabo-verdianos e angolanos. Só depois vêm os países do Leste europeu. A AIPA tem-se batido nos Açores, não tanto com o problema da imigração ilegal, mas mais pela integração social efectiva dos imigrantes que fizeram a sua opção por viver no arquipélago. || Fonte: Açoriano Oriental

Publicado: Domingo, 30 Julho, 2006

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter