AIPA

Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo

Há 3.371 cidadãos estrangeiros com autorização de residência nos Açores. Um aumento de 0,3% em relação a números de 2015, segundo os dados do Relatório da Imigração, Fronteiras e Asilo, publicado esta segunda feira, pelos Serviços de Estgrangeiros e Fronteiras. Provenientes de 82 países diferentes, 51,4% desses cidadãos são do sexo masculino e 48,6% do sexo feminino.

Ainda segundo os dados do relatório, a comunidade brasileira continua a ser a maior comunidade imigrante residente nos Açores (558), seguido de Alemanha (390), China (305), Espanha (296), EUA (251), Cabo Verde (240), Reino Unido (171), Itália (150) e França (149). Estas três últimas comunidades foram as que tiveram maior crescimento.

Distribuídos em todos os concelhos, é em Ponta Delgada onde se concentra maior número de estrangeiros (30%), seguido de Horta (15,2%) e Angra de Heroísmo (11,5%).

 

A nível nacional, registou-se uma inversão da tendência de decréscimo do número de estrangeiros residentes em Portugal, que se verificava desde 2010, totalizando 397.731 cidadãos com título de residência válido. Um aumento de 2,3% em relação a 2015.

Confirmou-se, igualmente, o aumento na concessão de novos títulos de residência, o que indicia um retomar da atratividade de Portugal como destino de imigração (acréscimo de 24,0%, totalizando 46.921 novos residentes).

O “Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo 2016” encontra-se disponível em http://sefstat.sef.pt/Docs/Rifa2016.pdf

Publicado: Segunda, 24 Julho, 2017

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter