AIPA

Imigração: Mais histórias de miséria -

Entre barcos que conseguiram chegar ao destino e outros interceptados pelas autoridades espanholas, foram encontrados vários imigrantes feridos e doentes com gravidade. No entanto, cerca de 450 pessoas conseguiram ser resgatadas com vida em operações de salvamento organizadas pelas autoridades espanholas, quando se encontravam em risco de morrer afogados. Mas o pior é que nem todos resistiram e três deles, que chegaram em muito más condições de saúde, acabaram por falecer no sábado e ontem num Hospital de Tenerife. Também este fim-de-semana, noutra pequena embarcação que conseguiu atingir a ilha da Gran Canaria dois dos 48 passageiros chegaram mortos e teme-se pela vida de outros três. Tudo consequência da desidratação provocada por longos dias de exposição ao sol, sem comer nem beber água potável. Entretanto, chegou hoje a Las Palmas o navio-hospital com 90 imigrantes a bordo, que foram salvos quando se encontravam à beira da morte no alto-mar. Esta autêntica avalanche não está em vias de parar, já que o desespero de fugir à miséria e o bom tempo do Verão ajudam a que milhares de imigrantes se lancem à aventura. Para a AIPA é inaceitavel que esses dramas humanos estejam a acontecer. É inaceitavel

Publicado: Tera, 25 Julho, 2006

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter