AIPA

Imigração em debate no encontro euro-africano

O futuro da migração entre a Europa e a África discute-se esta semana, em Rabat. A iniciativa, que partiu de Espanha e de Marrocos, acabou por reunir, na capital marroquina, os representantes de 30 países europeus e de 27 países africanos. Miguel Angel Moratinos, chefe da Diplomacia espanhola, sublinha o carácter inédito do encontro: "É a primeira vez na história que os países de origem, de trânsito e de destino se reúnem para definir uma estratégia conjunta e poder superar o grande desafio que é a imigração e o desenvolvimento." A França cedo se aliou à iniciativa. O ministro francês do Interior, Nicolas Sarkozy, afirmou que "é preciso despoluir o debate, livrando-o de "mitos extremos, como 'a imigração zero' ou a abertura total das portas da Europa" que, diz, não é positivo nem para o Velho Continente nem para a África." Juntos, os representantes destes 57 países vão tentar estabelecer um plano de acção para combater a imigração ilegal e gerir os fluxos migratórios. Para os países africanos, este é, como escrevia um diário marroquino: "o encontro da Esperança". Fonte: Euronews

Publicado: Terça, 11 Julho, 2006

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter