AIPA

Manual técnico para apoiar migrantes lançado por três instituições

Texto: dnotícias.pt

 Os profissionais que trabalham direta ou indiretamente com migrantes têm acesso, a partir desta quinta-feira, a um "Manual de Apoio Psicossocial a Migrantes", elaborado por três instituições, com cerca de 50 páginas.

Bruno Brito, da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), uma das instituições responsáveis), explicou à Lusa que o manual estará disponível na internet a partir desta quinta-feira, na página da APAV, mas também das duas outras instituições responsáveis, a Direção-Geral de Saúde e a Cruz Vermelha Portuguesa.

O manual é dirigido a profissionais direta ou indiretamente ligados aos migrantes, com uma grande componente de informação técnica, especialmente questões de saúde mental, precisou o responsável.

De acordo com um comunicado divulgado na quarta-feira pela APAV, o manual apresenta estratégias práticas sobre como lidar com as situações de sofrimento e trauma psicológico.

"Dos muitos contributos que têm surgido para o apoio a técnicos, a área do trauma psicológico era uma das que mais carecia de informação precisa e orientações", diz-se no comunicado.

No qual se lembra a crise migratória na Europa e a movimentação de milhares de pessoas fugindo de zonas de conflito e que sofreram um processo de vitimização prolongado, que começou com o abandono das casas e países de origem, e continuou com viagens também difíceis, até chegarem a um país de acolhimento, com um futuro também incerto.

"Todas estas questões, acrescidas das diferenças culturais, colocam um desafio para os profissionais que, direta ou indiretamente, estarão em contacto e a dar apoio a esta população", diz a APAV.

 

Na quarta-feira, fonte do gabinete da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, disse que Portugal deverá receber, na próxima semana, mais 37 refugiados.

Publicado: Quinta, 25 Fevereiro, 2016

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter