AIPA

Mais de 50 estrangeiros expulsos de Angola por estadia ilegal

Texto: Angop | Foto: Direitos Reservados 

Cinquenta e um cidadãos estrangeiros da República Democrática do Congo (RDC) em situação migratória irregular foram expulsos do território nacional pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), durante o mês de Agosto do ano em curso, soube hoje, segunda-feira, à Angop.

De acordo com o relatório mensal da instituição, que Angop teve acesso, no mesmo período o SME recusou a entrada de seis cidadãos da RDC no território nacional, a partir do posto migratório de Cassai Sul/Sacambundji, por não possuírem documentos que os autoriza a entrar no país.  

No capítulo dos movimentos migratórios, prossegue o documento, constatou-se, nos mais distintos postos de fronteira terrestre, fluvial, aérea e marítima a nível nacional, a entrada de 679 cidadãos e a saída de  669.

Quanto aos actos migratórios para nacionais (passaportes salvo-conduto e passes de travessia), foram recepcionados 74 pedidos, aguardando assim a sua emissão.

Em relação aos actos migratórios para estrangeiros, o SME recepcionou dos utentes 37 pedidos para emissão e prorrogação de diversos tipos de vistos, todos emitidos e prorrogados.

De acordo com o documento, ao abrigo do artigo 120º e 103º, nos seus pontos 1 e 3 ambos da lei 02/07 de 31 de Agosto, foram aplicadas e pagas três multas no valor de 336 mil e 860 kwanzas, aos cidadãos estrangeiros de nacionalidade vietnamita.

 

Ainda no período em referência, foram encaminhados a direcção geral do SME/Luada, 50 cidadãos estrangeiros de distintas nacionalidades.

Publicado: Tera, 15 Setembro, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter