AIPA

Saldo migratório mantém-se com valor negativo

Foto: Direitos Reservados 

De acordo com os dados demográficos do INE sobre 2014 que acabam de sair, o saldo migratório manteve-se, pelo quarto ano consecutivo, com valor negativo, ainda que mais atenuado.

Estes números resultam da conjugação de:

- 49 572 emigrantes permanentes (que diminuíram face aos 53 786 estimados para 2013);

- 19 516 imigrantes permanentes (que aumentaram face aos 17 554 estimados para 2013).

 Em 31 de dezembro de 2014, a população residente em Portugal foi estimada em 10 374 822 pessoas, menos 52 479 do que a população estimada para 31 de dezembro do ano anterior.

Este resultado traduziu-se numa taxa de crescimento efetivo negativa de -0,50%, reflexo da conjugação de saldos natural e migratório negativos.

Diminuiu o número de óbitos e o número de nados vivos, mantendo-se um saldo natural negativo (-22 423) ainda que mais atenuado comparativamente com 2013 (-23 756).

Não obstante o aumento do número estimado de imigrantes e a diminuição do número de emigrantes, continua a verificar-se um saldo migratório negativo (-30 056), uma vez que os valores da emigração se mantêm superiores aos da imigração.

Saiba mais em http://goo.gl/qQn4bv e em file:///C:/Users/AIPA/Downloads/16EstPopResid_2014.pdf

Publicado: Quarta, 17 Junho, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter