AIPA

Município de Braga prepara plano de integração de imigrantes

Texto: Correio do Minho | Foto: Direitos Reservados 

O edifício GNRation foi palco de um workshop com cidadãos imigrantes cujo objectivo passou por recolher contributos para o desenvolvimento do primeiro Plano para a Integração dos Imigrantes de Braga.
Nesta acção participaram cidadãos do Paquistão, India, Brasil, Ucrânia, Bangladesch, Angola, S. Tomé e Príncipe, Guiné Bissau, Venezuela, Cabo Verde e Moçambique actualmente residentes no concelho.

Na iniciativa participou Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, que, na ocasião, realçou a mais-valia deste plano, sendo “o primeiro instrumento de planeamento local de acolhimento e integração da população imigrante”.
O autarca destacou a importância do documento para a população com origem em países subdesenvolvidos e enalteceu a co- laboração das instituições e dos próprios imigrantes na construção participada deste Plano, de modo articulado e integrado.

O workshop permitiu identificar e aprofundar as necessidades das comunidades estrangeiras residentes em Braga, quer as que recorrem à rede formal de apoio, quer as que se integram informalmente, assim como definir estratégias na área da imigração, constituindo-se, desta formam como uma oportunidade para se desenhar um território mais participado, planeado e inclusivo.

A acção de preparação do Plano para a Integração dos Imigrantes foi da responsabilidade do Serviço de Apoio ao Imigrante e do Gabinete de Acção Social do Município de Braga, que tem promovido diversas sessões de trabalho com as instituições representativas para a identificação de necessidades e indicação de áreas prioritárias de intervenção. A apresentação pública do Plano Municipal para a Integração dos Imigrantes decorrerá durante este mês de Junho. 
O documento estará disponível para recolha de sugestões no portal do Município de Braga, de modo a garantir a participação de todos no seu processo de construção.

Financiados pelo Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros (FEINPT), os Planos Municipais para a Integração dos Imigrantes visam o aprofundamento das políticas locais, numa lógica de sustentabilidade e de governação integrada que conta com a participação de todos: entidades públicas e privadas que em cada concelho trabalham em prol do acolhimento e integração dos imigrantes na sociedade portuguesa. Braga foi um dos municípios participantes no 1º encontro de autarquias dedicado aos Planos Municipais para a Integração dos Imigrantes, que se realizou em Óbidos, nos dias 4 e 5 de Dezembro. 

O encontro em que contou com a participação de 21 autarquias representativas de concelhos de norte a sul do país, teve em vista a criação de uma rede de cooperação para a construção de uma base de trabalho estratégica e operacional facilitadora da concepção de 19 daqueles planos até 30 de Junho deste ano.

Publicado: Quinta, 04 Junho, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter