AIPA

Ilha de São Miguel participa no projeto "É preciso ter lata." Canstruction Portugal"

A Escola Secundária Antero de Quental e a CRESAÇOR – Cooperativa Regional de Economia Solidária, CRL., participam na 3ª edição do projeto “É preciso ter lata! Canstruction® Portugal”, que chegou pela primeira vez ao país em 2013.

Este é um evento que tem como finalidade a luta contra a fome e que, ao mesmo tempo, se trata de um desafio à criatividade e à capacidade de mobilização das comunidades educativas.

Segundo a CRESAÇOR, depois da recolha de latas de comida nas escolas e comunidade envolvente, que iniciou em fevereiro, a equipa apresenta-se a concurso no próximo dia 27 de março, com uma escultura construída integralmente com as latas. O grupo concorre, assim, nas categorias “Favorita do Júri”, “Melhor Refeição”, “Melhor Estrutura”, “Melhor uso de rótulos”, “Escultura com mais latas”, “Menção Honrosa” e “Favorita do Público”.

“A maratona de construção da nossa escultura vai ter lugar nas Portas do Mar e, ao mesmo tempo, estarão as restantes 25 escolas participantes a fazer o mesmo no Estádio AXA (Braga)”, acrescenta.  Haverá ligação de vídeo entre os dois espaços, pelo que todos poderão ver a construção em direto de todas as esculturas das escolas concorrentes.

A CRESAÇOR e a Escola Secundária Antero de Quental convidam toda a comunidade a assistir à construção da escultura e a apoiar nesta causa. “Para tal, basta aparecer entre as 14h e as 22h de sexta-feira, dia 27, nas Portas do Mar, bastando para isso contribuir com uma lata de comida (um visitante = 1 lata) e pode ainda votar a sua favorita”.

De acordo com o comunicado da cooperativa, após o concurso, a obra de arte ficará exposta aos visitantes durante o fim de semana e, posteriormente, será desmantelada. As latas de cada escultura serão doadas à Obra Padre Américo dos Açores – Casa do Gaiato da Ilha de São Miguel, Casa do Trabalho e Proteção de Juventude Feminina do Nordeste e para a Associação de Juventude de Candelária.

Os vencedores receberão prémios oficiais Canstruction® e representarão Portugal na competição internacional, na qual um painel de jurados avaliará as esculturas através de fotografias em suporte digital.

“Mas a “maior recompensa” será certamente o orgulho de participar numa competição nacional em representação da Escola, da Ilha e da Região, fazer parte de uma causa única em Portugal, contribuir para a construção de um mundo mais justo e solidário agindo localmente e, tudo isto, com a participação de uma comunidade inteira”, termina.


Publicado: Tera, 17 Maro, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter