AIPA

Comunidade Cigana do Alentejo retratada numa exposição em Nova Iorque

Texto: Dinheiro Vivo | Foto: Direitos Reservados 

Há mais de uma década que o fotografo se dedica à recolha de imagens de pessoas que vivem em comunidades mónadas ou que se encontram marginalizados pela sociedade.

A exposição The dream goes over the time, foi obra do fotografo francês Pierre Gonnord. O artista passou uma temporada no Alentejo onde recolheu imagens da realidade de uma comunidade cigana e dos seus animais.

A comunidade cigana retratada na exposição presente na galeriaHasted Kraeutler, em Nova Iorque, foi fotografada por Pierre Gonnord, já conhecido pelos seus trabalhos de recolha de imagens junto de comunidades fragilizadas ou marginalizadas pela sociedade, durante uma temporada passada no Alentejo.

The dream goes over the time, inspirado na poesia de Frederico García Lorca, pretende mostrar a realidade das comunidades mónadas e a celebração das populações e dos seus estilos de vida.

Uma mãe a amamentar os seus filhos, o rosto de uma criança, as vestes tradicionais e os chapéus de cada um e ainda os animais que os acompanham, fazem parte da coleção de imagens recolhidas pelo artista francês. Pierre Gonnord, capta quer o lado individual e íntimo das personagens, quer a singularidade dos seus animais - maioritariamente cavalos.

Segundo o autor dos retratos "as pessoas que vivem em 'guetos', ou que vivem nos arredores da cidade, fogem do mundo globalizado, do qual se sentem rejeitadas". Uma descrição feita pela galeria no seu portal acrescenta que a exposição coloca a 'nu' a realidade vivida pelas sociedades nómadas, fazendo o contraste com a sociedade moderna e tecnológica.

Publicado: Sexta, 13 Maro, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter