AIPA

Xenofobia e discriminação contra imigrantes aumentaram na Grécia

Texto: JIGA | Foto: Direitos Reservados

O problema não é novo, e apesar de algumas importantes medidas de prevenção de descriminação, refugiados, imigrantes e ciganos continuam a ser alvo de ódio.

Apesar da promulgação de uma nova lei anti-racismo na Grécia, tem-se registado “níveis preocupantes de xenofobia e discriminação contra refugiados, imigrantes e crianças de étnia cigana”.

A conclusão consta num novo relatório da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância (ECRI, sigla em inglês) – este é o quinto documento publicado acerca do tema, e fornece recomendações às autoridades.

O ECRI fez recomendações para abordar o problema e sugeriu duas em especial que devem ser implementadas “com urgência”.

O documento refere e elogia alguns progressos na luta contra a discriminação no país – em 2012, novas unidades policiais foram encarregadas de combater a violência racista e em 2014 foi promulgada uma lei anti-racismo.

No entanto, lê-se na nota publicada, o discurso político e público é permeado por ódio contra imigrantes, refugiados e ciganos.

ECRI é o organismo de direitos humanos do Conselho da Europa, composto por peritos independentes, que monitorizam os problemas de racismo, xenofobia, anti-semitismo, a intolerância e discriminação.

Artigo em: http://www.jiga.pt/tensoes-na-grecia-xenofobia-e-discriminacao-contra-imigrantes-aumentaram/

Publicado: Quarta, 04 Maro, 2015

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter