AIPA

Estudo sobre a comunidade chinesa residente nos Açores

A AIPA – Associação dos Imigrantes nos Açores – irá realizar um estudo sobre a comunidade chinesa residente nos Açores assente, por um lado, numa caracterização sócio-demográfica e, por outro, sobre a atividade comercial dos chineses na Região Autónoma dos Açores e do respetivo contributo que prestam à economia regional. Esse estudo enquadra-se num conjunto de iniciativas que a AIPA tem desenvolvido no sentido de conhecer de forma mais adequada as várias comunidades de imigrantes residentes na Região, sendo que no caso da comunidade chinesa, por força da visibilidade que tem a nível da sua inserção comercial, é alvo frequente de imagens e atitudes preconceituosas assentes em estereótipos e em visões demasiadas simplistas. Com esse estudo a AIPA tem a expetativa de poder trazer para o debate público o real contributo que a comunidade chinesa empresta à sociedade açoriana, mas também das várias dificuldades que os próprios reconhecem no seu processo de integração, convergindo depois para algumas recomendações. Os resultados do estudo serão conhecidos em Maio próximo e conta com o apoio da Direcção Regional das Comunidades. Segundo dados do SEF, em finais de 2011, residiam legalmente na Região 212 chineses ( 114 homens e 98 mulheres) representando 6,2% do total da população estrangeira nos Açores. A nível nacional, residiam 16 785 cidadãos chineses representando 3,8% do total dos estrangeiros no país.

Publicado: Tera, 26 Fevereiro, 2013

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter