AIPA

Conferência final do Projeto CAMPO

No próximo dia 19 de dezembro, segunda–feira, a partir das 09:00 da manhã, a sala de conferências do Ministério das Relações Exteriores acolhe a Conferência final do projeto CAMPO- Centro de Apoio ao Migrante no Pais de Origem.
O projeto CAMPO teve início em 2009 , enquadrado pela Parceria para a Mobilidade, iniciativa que se articula diretamente com o pilar “Segurança e Estabilidade” da Parceria Especial celebrada em 2008 entre a União Europeia e Cabo Verde. Partilhando dos objetivos da Abordagem Global às Migrações da UE, o projeto procurou contribuir para a promoção da migração regular, para o reforço da sinergia entre migração e desenvolvimento e para a prevenção da migração irregular.
Com o financiamento da União Europeia em um milhão de euros e com o co-financiamento da Cooperação Portuguesa no valor de 149 319€ e da Cooperação Espanhola no valor de 125 000€, coube ao Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento- IPAD - liderar a implementação da ação, sempre em estreita colaboração com os seus parceiros:o Instituto de Emprego e Formação Profissional – IEFP e o Instituto das Comunidades - IC, ambos em Cabo Verde, o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P.– ACIDI, I.P. e o escritório da Organização Internacional para as Migrações – OIM, em Portugal e ainda a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento - AECID.
Ao longo de trinta meses foram realizadas atividades várias, cujo resultado mais visível se traduziu na criação de um Centro de Informação e Aconselhamento ao Migrante. Com um escritório na Cidade da Praia, mas trabalhando em rede com os Centros de Emprego e Formação Profissional existentes em Cabo Verde, o CAMPO realizou mais de 7500 atendimentos, contribuindo para um fluxo migratório com ganhos para o próprio migrante, para o pais de origem e para o pais de destino. Mais de 23 000 visitas, de 86 países diferentes, foram efetuadas ao portal, onde é possível encontrar informação pré-partida e reintegração.
Para além do Centro, foram ainda realizados Fóruns em Portugal e Espanha, nomeadamente Lisboa, Madrid, Zaragoza, Benbibre e Burela, e também em Cabo Verde, na Assomada, com o objetivo de promover o empreendedorismo migrante junto da diáspora cabo-verdiana. Foram também realizadas 38 missões de curta duração, com o objetivo de promover a transferência de saberes e competências de migrantes altamente qualificados, junto de instituições cabo-verdianas. Referir por último a criação de um Start-UpFund que, para além de ter proporcionado um curso para a criação e gestão de negócios online a migrantes cabo-verdianos residentes na UE, possibilitou igualmente a criação de três pequenos negócios em Cabo Verde.
No próximo dia 19 de Dezembro, pretende-se fazer um balanço do projeto, partilhar boas práticas e resultados alcançados pela ação conjunta dos parceiros do CAMPO, mas também assinalar a transferência do projeto para o Ministério das Comunidades que assume a continuidade da ação a partir de janeiro do próximo ano, mostrando assim o nível de empenho, compromisso e apropriação do processo pelas competentes autoridades cabo-verdianas.

Publicado: Sexta, 16 Dezembro, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter