AIPA

Comunidades Imigrantes – Percursos de Integração Local abordados no Conselho Local de Acção Social do Barreiro

O Conselho Local de Acção Social (CLASB) reuniu na tarde da passada quinta-feira, 10 de Novembro, no Auditório da Biblioteca Municipal, na sua 25ª Reunião Plenária.

Marcaram presença na sessão, o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) e, por inerência, do CLASB, Carlos Humberto de Carvalho, a Vereadora com a área da Intervenção Social e Educação, Regina Janeiro, a Coordenadora dos Centros Locais de Apoio ao Imigrante, do Alto Comissariado Para a Imigração e Diálogo Intercultural, Paula Moura, em representação do Centro Distrital da Segurança Social de Setúbal Teresa Guerreiro, a professora do Agrupamento de Escolas do Barreiro, Célia Mestre, e o técnico da Divisão de Intervenção Social (DIS), no Secretariado Técnico do CLASB, Armando Gomes, entre outros representantes de entidades do Concelho que formam o CLASB.

Capacidade de intervenção decresce

Na sua intervenção o Presidente da CMB voltou a sublinhar as dificuldades que afectam o Concelho. “No momento em que crescem os problemas sociais, decresce a nossa capacidade de intervenção”, admitiu, reconhecendo a consciência das dificuldades por que as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) estão a passar. Demonstrando disponibilidade para colaborar, o Presidente da CMB evocou a imagem de “combate”. “A história do Concelho, como das IPSS’s, é, também ela, de resistência e construção”, disse.

Com a Vereadora responsável pela DIS a conduzir os trabalhos, e após a intervenção de Carlos Humberto de Carvalho, deu-se sequência à sessão, tendo sido apreciada e votada (aprovado por unanimidade) a proposta de parecer sobre o Relatório Final do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) “Sol Para Todos”.

Foi, ainda, apresentado um ponto de situação sobre o plano de acção do CLASB para 2011, designadamente quanto ao cumprimento dos objectivos, acções e metas propostos.

Portugal - sociedade de acolhimento

Paula Moura fez um breve enquadramento do tema Comunidades Imigrantes – Percursos de Integração Local. Abordou Portugal como sociedade de acolhimento de imigrantes, funções e atribuições do Alto Comissariado Para a Imigração e Diálogo Intercultural, através da rede de Centros Locais de Apoio à Integração dos Imigrantes, e, por fim, abordou algumas áreas de promoção da interculturalidade. A professora do Agrupamento de Escolas do Barreiro, Célia Mestre, complementou com alguns dados sobre o número de crianças e jovens/alunos estrangeiros a frequentar IPSS e escolas do Concelho.
Na sessão escutaram-se, ainda, testemunhos de integração de duas alunas estrangeiras, adultas, a frequentar a disciplina de língua portuguesa para estrangeiros no Agrupamento de Escolas do Barreiro.
Ainda no mesmo ponto, Regina Janeiro apresentou o Espaço Cidadania das Migrações e das Comunidades Culturais do Município do Barreiro, suas valências, funções, trabalho e actividades que disponibiliza/oferece, há, já, mais de três anos.
Na sequência da apresentação da reflexão sobre comunidades imigrantes foi aberto um período de debate.

Rostos.pt, 14 de novembro de 2011.

Publicado: Tera, 15 Novembro, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter