AIPA

Cabo Verde e UE analisam na Praia "parceria especial"

A análise da Parceria para a Mobilidade, com vista a facilitar a circulação dos cabo-verdianos no espaço europeu, é um dos pontos da agenda da Reunião de Diálogo Político a Nível Ministerial (RDPM) entre Cabo Verde e a União Europeia (UE), a ter lugar hoje na Cidade da Praia, soube a PANA na capital cabo-verdiana de fonte oficial. 
Num encontro informal com jornalistas, o responsável pelas relações da União Europeia com os países da África Ocidental, Felisberto Sebregoni, afirmou que na reunião, inscrita no âmbito da parceria especial com Cabo Verde, são aprofundadas as negociações em curso sobre esta matéria que “já estão muito avançadas”.
Felisberto Sebregoni explicou que antes da assinatura de um acordo  “tem de existir um melhor controlo na qualidade dos documentos de viagem, nomeadamente o passaporte, para evitar a imigração ilegal, que é um dos pressupostos comuns entre Cabo Verde e a União Europeia”.
Um outro ponto em análise neste capítulo é relativo à readmissão por Cabo Verde de cidadãos de outras nacionalidades, mas que entrem no espaço comunitário europeu a partir do arquipélago.
Até agora, a União Europeia defende que os não cabo-verdianos, quando detidos ilegalmente no território europeu e declararem serem provenientes de Cabo Verde, devem ser reencaminhados para o arquipélago. O Governo cabo-verdiano defende que esses cidadãos, devem ser reencaminhados para os respectivos países de origem.    

Jornal de Angola, 6 de Junho de 2011.

Publicado: Tera, 07 Junho, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter