AIPA

Conselho está reunido em Luanda

O conselho consultivo alargado da Polícia de Guarda Fronteira (PGF) define, desde ontem, em Luanda, estratégias que o devem nortear no biénio 2011/2012.
A reunião, orientada pelo comandante da Polícia de Guarda Fronteira, comissário-chefe Jorge Antunes, passa também em revista as actividades desenvolvidas em 2010, analisa o  plano de acção de protecção das fronteiras e faz uma abordagem do fenómeno da imigração ilegal. Entre os temas em análise está, igualmente, o plano de cobertura da fronteira marítima.
O conselho consultivo da Polícia de Guarda Fronteira acontece numa altura em que se intensificam as acções de combate à imigração ilegal. Recentemente, o comandante-geral da Polícia Nacional disse, recentemente, que a situação actual da imigração ilegal é preocupante, principalmente na fronteira Norte do país.
Ambrósio de Lemos disse esperar a  sensibilidade das autoridades dos países vizinhos para se encontrarem soluções para o problema. Congoleses são, com frequência, repatriados por violarem a fronteira na região do norte de Angola, sendo as províncias do Uíge, do Zaire e da Lunda-Norte os pontos de entrada preferenciais. Semanalmente, segundo os relatórios de balanço divulgados, a corporação expulsa cidadãos por tentativa de entrada ilegal no país, principalmente a partir da fronteira com a República Democrática do Congo.

Jornal de Angola, 31 de Maio de 2011.

Publicado: Quinta, 02 Junho, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter