AIPA

Deu a louca no mundo

Por toda a Europa há visíveis e preocupantes sinais refletindo as sucessivas crises que tumultuam a economia mundial, desde que a bolha imobiliária inflada nos Estados Unidos globalizou seus danos, estendendo os efeitos através do mundo. Turquia, Grécia, Irlanda e Portugal revivem velhos problemas; a Espanha, oitava economia do mundo, acumula pesadas perdas e a rica Inglaterra enfrenta greves de trabalhadores contrários às mudanças previdenciárias. Enquanto isso, o desemprego crescente e as revoltas nos países africanos trazem de volta antigos fantasmas da intolerância racial e religiosa. Na Espanha, o antissemitismo recrudesce e, na França, centro cultural do mundo, a Torre Eiffel parece simbolizar que o novo século não trouxe avanços significativos sociais ou econômicos na histórica trilogia liberdade, igualdade, fraternidade. No segundo piso da Torre Eiffel, o mais visível cartão postal do mundo, o turista espera até meses para garantir seu lugar numa das 120 mesas e pagar cerca de 100 euros - algo como R$230 - por uma boa e inesquecível refeição no restaurante Le Jules Verne. Aproximadamente 125 metros abaixo, dezenas de imigrantes africanos tentam de todas as formas vender os mais variados suvenires da torre. Como nossos conhecidos camelôs, eles também não têm certeza do que vão comer no dia seguinte.

Etanol Levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas constatou que o preço do etanol teve alta de 14,56% em todo o país. Já a gasolina subiu 1,76%. Frente a fevereiro, o etanol aumentou em todos os 27 estados. Apenas em Pernambuco e na Paraíba o preço ficou abaixo dos R$ 2 por litro.

País rico Deve ser votado amanhã no Congresso Nacional o projeto de decreto legislativo permitindo que o Brasil pague três vezes mais pela energia comprada do Paraguai e vinda da Itaipu Binacional. Como o empreendimento é de ambos os países, qualquer mudança nos parâmetros deve ser feita por acordo.

Abril vermelho O corte no orçamento destinado aos assentamentos - de R$ 600 milhões para R$ 380 milhões - é o estopim para aquecer o calendário anual de invasões do MST. Para constranger a presidente Dilma, o MST tem usado mulheres na linha de frente das mobilizações, que devem atingir a temperatura máxima no dia 17.

Porto Otimista com o resultado da edição anterior, quando acordou com a empresa RodriMar retomar operações de contêineres, o Porto do Recife, junto com Suape e AD Diper, está com estande montado na Intermodal, de hoje a quinta-feira, em São Paulo. Trata-se de uma das maiores feiras do setor portuário das Américas.

Ovos de Páscoa O grupo alagoano Valedourado, que, ano passado, adquiriu a fábrica de chocolate Duffy da Bahia, está em pleno vapor para produzir a primeira fornada de ovos para a Páscoa. A estimativa é de chegar ao mercado com quatro tipos de chocolates. A produção total deve alcançar as 180 toneladas.

Diário económico, Aldo Barreto, 5 de Abril de 2011.

Publicado: Quarta, 06 Abril, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter