AIPA

Ponta Delgada é concelho inclusivo

José Manuel Bolieiro, nas comemorações do Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, destacou a capacidade duma sociedade inclusiva que não impõe a sua cultura aos imigrantes.

 

José Manuel Bolieiro considerou, este domingo, que Ponta Delgada é um concelho inclusivo e que os imigrantes devem sentir-se parte integrante da sociedade que os acolhe.
O Vice-Presidente falava nas Portas da Cidade, nas comemorações do Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, onde decorreram, por iniciativa da AIPA - Associação dos Imigrantes nos Açores, actividades culturais sob o lema “Racismo, aqui não”.
José Manuel Bolieiro destacou a capacidade duma sociedade inclusiva que não impõe a sua cultura aos imigrantes. “Temos unidade na nossa dignidade”. “Projectamos daqui uma mensagem universal de que somos uma sociedade inclusiva, que não impõe a sua cultura, mas que recebe e acolhe quem faz de Ponta Delgada e dos Açores a sua casa. Estamos habituados a dar e a receber”, especificou.
No âmbito das actividades dinamizadas, entre outros, por um grupo de alunos da escola de formação profissional EPROSEC, o Vice-Presidente destacou o papel dos jovens que, através do desporto e da cultura, são agentes de promoção de igualdade.
O responsável camarário considerou, mesmo, que com “a igualdade reconhecida na Declaração Universal dos Direitos do Homem, aqui (nas comemorações, que decorreram em Ponta Delgada), passamos das palavras aos actos. Somos uma sociedade informal, onde tratamos todos por igual, independentemente do seu posto profissional ou do seu enquadramento social. Estamos a por em prática e a partilhar cultura e fraternidade”, sugeriu o responsável político.
“Hoje somos todos um: iguais e todos diferentes. Na raça, cor ou fé, temos todos a nossa dignidade”, concluía numa intervenção informal, porque o acto de partilha de culturas assim o permitia.
A Câmara Municipal de Ponta Delgada considera que as autarquias são promotoras e parceiras de uma acção pró-activa na estabilidade e no envolvimento dos imigrantes na sociedade que os acolhe, uma vez que o Poder Local exerce um papel diferente do Estado relativamente aos imigrantes. Enquanto o Estado controla a mobilidade, o Poder Local completa este processo e trabalha com vista à estabilidade e ao envolvimento dos cidadãos imigrantes na sociedade em que se inserem, apresentando-se, assim, como um parceiro privilegiado de associações como a AIPA na procura da compreensão desta mesma sociedade para a integração.
A Câmara Municipal de Ponta Delgada poderá ainda colaborar com a AIPA no trabalho que a associação desenvolve com vista à ocupação dos imigrantes através da prestação de serviços, como o faz com outras instituições altruístas com sede no concelho.
É neste sentido, que a Câmara Municipal de Ponta Delgada está disponível para colaborar com a AIPA no Clube de Serviços – iniciativa criada pela associação para aproveitar as competências dos imigrantes em áreas tão diversas, como confecção de alimentos e jardinagem.

 

JornalDiario

2011-03-21

Publicado: Quinta, 24 Maro, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter