AIPA

Um em cada quatro bebés ‘algarvios’ é estrangeiro

O Algarve é uma das regiões portuguesas com a taxa de natalidade mais elevada e onde uma em cada quatro crianças que nascem é filha de mãe estrangeira. Segundo dados revelados pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, em 2010, nasceram na região do Algarve 4.772 crianças, mais 59 do que em 2009, das quais 1.200 são filhas de mãe estrangeira. A mesma fonte sublinha que estes valores fazem do Algarve uma das regiões portuguesas com taxa de natalidade mais elevada, além de confirmarem a crescente importância da população migrante no desenvolvimento socioeconómico e rejuvenescimento da região. Em termos de nacionalidade das mães, verifica-se que as dez mais representativas nos nascimentos em 2010 são: a brasileira (358), a ucraniana (146), a romena (145), a moldava (117), a cabo-verdiana (50), a britânica (46), a búlgara (29), a guineense (27), a chinesa (27) e a alemã (25).

Fonte: Observatório do Algarve

Publicado: Sexta, 11 Maro, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter