AIPA

Imigrantes passam a ter acesso a tarifa de residentes

Na passada sexta-feira, os deputados do PS, durante uma visita às instalações da Associação dos Imigrantes nos Açores, trouxeram em primeira mão a notícia à muito esperada pela direcção da AIPA. “Os imigrantes residentes nos Açores há mais de seis meses deverão aceder, em breve, a tarifas aéreas idênticas aos açorianos”, revelou deputado socialista Ricardo Rodrigues. O deputado Socialista, que se fez acompanhar pelos outros dois deputados açorianos eleitos pelo PS para a Assembleia da República, Luiz Fagundes Duarte e Luisa Santos, estimou um prazo de “um mês ou mês e meio" tempo para a publicação e entrada em vigor das novas normas. Quando isso acontecer, a TAP e a SATA passarão "a cumprir a mesma tarifa para todos os residentes nos Açores, incluindo para os cidadãos de qualquer nacionalidade que residem há mais de seis meses no arquipélago”, o que Ricardo Rodrigues considerou ser "uma justiça aos nossos concidadãos que fazem já parte da nossa sociedade”. O presidente da AIPA, Paulo Mendes, que estava a sensibilizar as autoridades para esta questão desde 2005, considerou ser esta “uma excelente notícia no inicio do ano”, frisando que era "uma discriminação completamente injustificada não permitir que os imigrantes que residem, trabalham e fazem os seus descontos nos Açores não tivessem acesso a uma tarifa de residente". Relembramos que os estrangeiros residentes nos Açores pagam 456,50€ por uma viagem entre Lisboa/ Ponta Delgada/ Lisboa, ou seja, mais de 180€.

Publicado: Segunda, 10 Janeiro, 2011

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter