AIPA

Jorge Sampaio apela à criação de cidades interculturais e interétnicas na Europa

O Alto Representante das Nações Unidas para a Aliança das Civilizações, Jorge Sampaio, fez hoje na Universidade Humboldt, em Berlim, um apelo para a construção na Europa de “cidades interculturais e interétnicas”, e para uma nova agenda para a diversidade. Perante uma plateia formada sobretudo por estudantes e académicos, Sampaio afirmou que é necessária “uma nova agenda europeia para a integração, as migrações e a cidadania”, e políticas de migração “integradas”, que eduquem também os cidadãos no espírito da diversidade. O ex-presidente português sublinhou que o choque de civilizações “existe, e não pode ser ignorado”, advogando a promoção do diálogo entre o sistema secular e as religiões. “Vamos perguntar o que correu mal e onde estão os problemas, sermos honestos e reconhecer que diversidade significa, na maioria dos casos, migração e que na Europa migração e islão são quase sinónimos”, disse Jorge Sampaio na Sala do Senado da universidade berlinense. O choque de civilizações, no entanto, “é sobretudo um choque entre ignorâncias, porque a ligação essencial entre e a história ocidental e a história islâmica é desconhecida ou ignorada”, acrescentou. Mais adiante, o Alto Representante da UNAOC, a forma como se dominarem as tensões políticas, sociais, religiosas e culturais “vai ter impacto decisivo para o futuro e a saúde da democracia” na Europa. Em declarações à Lusa após o discurso, o ex-presidente da República, admitiu que “é muito difícil ter políticas preparadas e prontas, como na farmácia ou no supermercado, para resolver cada questão diária que se põe, quando duas comunidades ou praticantes de religiões diferentes se encontram, ou defrontam”. Alertou também para o facto de que “uma das formas das ofensivas terroristas é separar uma pequeníssima minoria de todos aqueles que são as várias culturas e religiões e querem viver para as suas famílias e para a sua fé, com o objetivo da dignidade humana”. Por isso, “é necessário trabalhar sobre essa diferença, sobre esse pluralismo, senão, a situação tornar-se-á muito difícil”, sublinhou. Jorge Sampaio está também em Berlim para participar, na terça-feira, na 5.ª Conferência dos Focal Points da Aliança das Civilizações, que reúne representantes dos países e organizações aderentes. No âmbito desta reunião, o Alto representante das Nações Unidas para a Aliança das Civilizações será recebido no Palácio Bellevue pelo presidente da Alemanha, Christian Wulff. Jorge Sampaio disse à Lusa que aproveitará a oportunidade para discutir estes temas, com o Chefe de Estado alemão, lembrando que Wulff proferiu recentemente um discurso “que merece ser salientado”, e em que disse que o Islão também faz parte da Alemanha.

 LUSA 26/10/2010

Publicado: Quarta, 27 Outubro, 2010

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter