AIPA

Cada vez mais brasileiros «fogem» de Portugal

O regresso de brasileiros para o seu país de origem tem tendência a aumentar, bem como a deslocação de portugueses para o Brasil e a diminuição do fluxo de brasileiros para Portugal, declarou o embaixador brasileiro em Lisboa. «Há sim uma tendência de aumentar o regresso de brasileiros para sua terra de origem, a ida de portugueses para o Brasil e a diminuição do fluxo de brasileiros para Portugal», declarou à Lusa Celso Marcos Vieira de Souza, que deixa o cargo a 31 de Outubro, após três anos e meio em Lisboa. «Os fluxos migratórios tendem a acompanhar os fluxos de expansão económica e em menor escala estes expressam uma burocracia maior ou uma dificuldade maior em constituir uma pequena empresa no território de origem», disse o embaixador. «Tenho verificado que muitos portugueses com formação a nível de mestrado e doutorado procuram empregos no Brasil», afirmou, acrescentando entretanto «que é difícil quantificar este fenómeno porque nós não precisamos de visto, tanto brasileiros como portugueses». Para o diplomata, o Brasil é atractivo neste momento, já que se espera «um crescimento de cerca de sete por cento» do país. Em relação a Portugal, o diplomata brasileiro acredita que os laços se «fortalecerão no futuro», independentemente do candidato que ganhe as presidenciais a 31 de Outubro: Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB). O novo embaixador brasileiro em Lisboa, Mário Vilalva, assume o posto no início de Novembro.

IOL Diário

20/10/10

Publicado: Quinta, 21 Outubro, 2010

Retroceder

Associe-se a nós AIPA

Agenda

Subscreva a nossa newsletter